Busca no Site:
Atos Públicos
 
12/08/2014 - FELIZARDO. POR QUE ?
 

    A vontade era antiga. Mas, não sabia como a satisfazer. Pura curiosidade, por conta do nome. No domingo, 10, Dia dos Pais, a coragem veio, com uma feliz coincidência. Depois de fotografar uma obra do DAMAE, na Avenida Tiradentes, no centro, dirigí-me ao ponto de ônibus da Estação Ferroviária, para chegar em casa, onde almoçaria com meu pai. Contudo, o primeiro ônibus que apareceu, convidativo, trazia o letreiro: FELIZARDO.

 

    Sem noção exata da distância e com receio de atrasar para o almoço, indaguei ao motorista: “O senhor volta logo ou o ônibus fica parado por lá?” “Assim que chega ao ponto final, a gente volta”. Embarquei. E, voltei com dezenas de fotos. Felizardo e a tempo do almoço em casa. Não era uma escala de trabalho. Mas, não tinha como não escrever sobre o que vi. Não é comum começar matérias assim. Mas, no caso, optei pelo depoimento pessoal. O local faz jus ao nome e é muito fácil e barato ir lá. Minha rápida visita custou apenas o preço de duas passagens de ônibus urbano:  R$ 2,10 cada uma, total: R$ 4,20. 

Roça na Cidade

 Estrada de terra, pontes estreitas, um rio, bambuzais, vacas,  cavalos, verduras, campos e plantações, mata,  bananeiras com cachos graúdos, à beira do caminho; flores, pássaros, bica dágua, muito verde, sítios e paisagens exuberantes... Zona Rural? Não. Zona Urbana, com jeito de roça. É a região da Colônia e o novo Roteiro de Agroturismo de Minas Gerais: Colônia Viva.

 

    A região que foi habitada, majoritariamente, por imigrantes italianos e seus descendentes, é, hoje, uma das que mais crescem na cidade.  Cerca de 10 quilômetros distante do centro, a região pode ser acessada, inclusive, através do transporte coletivo. Os ônibus que atendem as Colônias do Bengo, Recondengo, Giarola, Felizardo e Marçal (Incluindo Alto das Águas e Solar da Serra), em geral, saem do Bairro Tijuco (Residencial Lenheiro) e tem horários variados. Para acessar o roteiro Colônia Viva, a linha do Giarola é a melhor opção. Esta linha tem dois horários diários que levam até o Sítio do Felizardo, uma das atrações do local.

Turismo e negócios

    “Vim passar o Dia dos Pais com meu filho”, revelou Luiz Silvino. Natural de Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata de Minas, Luiz é Químico de Petróleo e mora no Rio de Janeiro, onde trabalha na Gerência de Química da Petrobrás. Vinícius, o filho, que nasceu em Ubá, mora com a mãe em São João del-Rei e, aproveitou a visita do pai para, juntos, conhecerem uma parte do mais novo roteiro turístico da cidade. Eles também fizeram o trajeto de ida e volta, no mesmo ônibus coletivo urbano, da linha Tijuco/Giarola-Felizardo. Se o passageiro não quiser se demorar no local, pode ir e voltar, em menos de duas horas.

    Mas, a melhor opção é mesmo ir com tempo, para andar, conhecer, desfrutar a região e conhecer as pessoas, que são muito hospitaleiras. Além da beleza visual, a gastronomia também é destaque. De café da manhã a almoços, feitos em fogão à lenha, a degustação de frutas colhidas no pé, o visitante tem várias opções para se divertir e conhecer um pouco mais, na fonte, os produtos e produtores que abastecem diariamente a mesa de boa parte da cidade e, até mesmo, de outras regiões.

Efeitos

    “Mudou totalmente! Agora estou recebendo muito mais turistas” relata, empolgada, a moradora Valéria Filomena Taroco, a Filó, dona do famoso restaurante que leva seu nome. Satisfeita com os primeiros resultados do Projeto? “Nossa! E, como!”, conclui. Na conversa, por telefone, perguntei também pela origem do nome Felizardo. A única referência seria uma fazenda com o mesmo nome, na região.

 

   "Não imaginava que o efeito seria tão rápido. Com este projeto o nosso objetivo está começando a se realizar. A gente tá vendo acontecer aquilo que há anos a comunidade tentava alcançar. A gente buscava que São João del-Rei conhecesse a riqueza de nossa comunidade. Prá não comprar produto viajado. São toneladas e toneladas de produtos que são enviados todos os dias para o CEASA, de Belo Horizonte (Contagem – Região Metropolitana) e muita gente, em São João, compra de lá, o que é produzido aqui. Nós queremos que eles comprem diretamente da gente. E, isto está acontecendo”, conta Maura Taroco.

História

    Descendente de italianos, moradora da Colônia e produtora de flores, junto com a família, Maura já atuou também  como líder nas Associações de Moradores e dos Produtores Rurais da região. Ela foi uma das responsáveis pela implantação do Projeto Colônia Viva, que já era uma idéia antiga dos moradores. Convidada pelo Vereador Flávio do Salgado (DEM), em 2013, Maura atuou como Assessora no gabinete do Edil e trouxe o projeto que foi apresentado e encampado pela Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer e Esporte.  Sobre a origem do nome Felizardo, Maura informa que esta é também uma busca da comunidade. “A idéia pode ser ampliada para uma pesquisa maior e, quem sabe, até mesmo um livro.”

    “As atividades de recepção dos turistas acontecem simultaneamente aos trabalhos normais do dia-a-dia, por isto, para atender melhor o novo público, o ideal é que as pessoas agendem antes, por telefone”, recomenda Maura. “Estamos negociando com a Secretaria de Cultura, um número único, que atenda a todos os produtores e pontos turísticos do circuito. Por enquanto, a gente vai indicando uns aos outros.”

Como chegar:

    Para obter mais informações sobre os horários de ônibus acesse o site da empresa concessionária do transporte coletivo na cidade, a Viação Presidente:www.presidentesjdr.com.br ou ligue para o número 3371-6568. O acesso de carro é feito pela Avenida 31 de Março. A região está sinalizada. Sobre o Roteiro de Agroturismo Colônia Viva, as informações podem ser obtidas pelo número 3372-7338, da Secretaria de Cultura ou pelo e-mail: roteiros@vemprasaojoao.com.br. Em breve será disponibilizado um site com todas as informações, no endereço www.vemprasaojoao.com.br. Por enquanto, via internet, inclusive em dispositivos móveis, pode ser acessado um folder virtual no endereço (copie e cole no seu navegador): http://issuu.com/turismosaojoaodelrei/docs/roteiro_agroturismo_s__o_jo__o_del-

Texto e fotos: Luciano Nascimento

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São João del-Rei 



Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

TURMA DO BUNEKO

www.canilmolossosdecamargos.com.br

NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

ATLHETIC CLUB

Unimed São João Del Rei

Stefan Salej

Camara Municipal de São João Del Rei

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

Paulo Rivetti

Venha se Hospedar na Morada do Sol

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

AGENCIA BRASIL

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2017 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!