Busca no Site:
Notícias
 
07.02.2013 - FAÇA O SEU JULGAMENTO DAS ESCOLAS DE SAMBA
 


 Foto: Irmãos Metralhas

As disputas nos desfile das  Escolas de Samba de São João Del Rei, é acirrada , porque houve um grande crescimento no número de escolas. A campeã será declarada, na segunda feira, logo após a contagem dos votos dos jurados. Na terça-feira a noite , a campeã e as colocadas em segundo, terceiro lugares voltam a Av. Tancredo Neves,  para o Desfile das Campeãs.
Dez quesitos são levados em conta, no julgamento das escolas de samba, de acordo com o estabelecido pelo regulamento oficial. São eles:
 ■ Bateria
 ■Samba-Enredo
 ■Harmonia
 ■Evolução
 ■Enredo
 ■Conjunto
 ■Alegorias e Adereços
 ■Fantasias
 ■Comissão de Frente
 ■Mestre-Sala e Porta-Bandeira.
Os jurados são indicados pela Secretaria de Cultura e Turismo de São João Del Rei, de cuja entidade participam 10 membros.
Para quem gosta de acompanhar os desfiles das escolas, nada como conhecer um pouco, sobre o processo do julgamento dessas:
COMISSÃO DE FRENTE – É responsável por saudar o público e apresentar a escola na avenida. Deve se exibir de forma coordenada e criativa. Quedas ou perdas de acessórios, durante o desfile, são levadas em conta pelos jurados. Funciona como a introdução, o preâmbulo da escola. Por isso deve estar em sintonia com o enredo.
BATERIA – É o coração pulsante da escola. E, dentro dela, muitos quesitos são levados em conta, tais como ritmo, criatividade, capacidade de empolgar os foliões. A criatividade e a versatilidade são fundamentais, assim como a sua cadência, que deve estar em perfeita sintonia com o samba-enredo da escola. De modo geral as baterias estão chegando a um nível tal de perfeição e criatividade que abocanham a totalidade da nota entre os jurados. O diretor de bateria é chamado de Mestre. Ter uma madrinha na bateria não é essencial, mas ajuda a escola a brilhar. Embora conste, na bateria, um grande número de instrumentos, é o conjunto do som, emitido, por eles, que é avaliado. A bateria não é julgada pela quantidade de participantes inclusos, nela. Aquele recuo, que todas (ou quase todas) fazem, já tendo um espaço destinado a elas, assim como a parada, em frente ao local, onde se encontram os jurados, não é obrigatório.
SAMBA-ENREDO – Leva-se, em conta, a letra e a melodia do samba. A letra precisa estar em perfeita harmonia com o enredo, sem falar na riqueza dos versos. E, deve ser cantado por toda a escola, durante o desfile. Na melodia devem constar as característica rítmicas inerentes ao samba. Ele também deve ser capaz de ajudar os sambistas a fluírem com facilidade e leveza. Atualmente os sambas têm sido cantados num ritmo muito rápido, talvez pelo tempo exíguo para o desfile. Problemas com o carro de som não tiram pontos da escola.
HARMONIA– Leva em conta o entrosamento entre o ritmo da música, a bateria e o canto de quem interpreta o samba. Os participantes da escola têm a obrigação de cantar a música, junto com o puxador do samba. A alegria dos foliões é fundamental para a harmonia.
EVOLUÇÃO – É o quesito que julga a empolgação e a agilidade dos foliões, durante a passagem da escola pela avenida. É importante que as alas estejam bem definidas. A escola tem que estar compacta, ordenada e coesa no seu deslocamento, sem correrias ou retornos. A alegria dos foliões é fundamental. Não pode haver buracos entre as alas.
ENREDO– É a apresentação do tema desenvolvido pela escola, assim como a sintonia entre esse e as alas. As fantasias e alegorias devem estar de acordo com o enredo. Antes de entrar em cena, a escola apresenta um roteiro de disposição de suas alas, que deve ser rigorosamente seguido. A escola tem que se fazer entendida através de seu enredo.
FANTASIAS – Devem estar de acordo com o enredo da escola, além de ostentarem beleza, originalidade e criatividade. Devem ajudar a contar a história proposta pela escola. O material usado também é avaliado.
ALEGORIAS E ADEREÇOS – Assim como as fantasias, elas devem ajudar a desenvolver o tema da escola cantado em seu samba-enredo. Material usado, disposição das cores, e significados são importantes no julgamento. Objetos que não fazem parte do desfile (isopor, caixas, papelões, não podem estar à vista. Todos os carros devem se empurrados ou puxados.
MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA – É o casal mais importante da escola. Os dois devem se apresentar com harmonia, graça e leveza, apresentando movimentos clássicos da dança. A porta-bandeira leva o símbolo mais importante de sua escola, conhecido como Pavilhão. Ao casal cabe a tarefa de apresentá-lo ao público. O mestre-sala não pode pisar na roupa da porta-bandeira e ela não pode encostar a bandeira em seu rosto. 
CONJUNTO– É a harmonia, a uniformidade e o equilíbrio artístico da escola. É o corpo da escola, responsável pela definição de sua nota.
Fonte:  Wikipédia



Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












ATLHETIC CLUB

www.canilmolossosdecamargos.com.br

Stefan Salej

TURMA DO BUNEKO

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

Venha se Hospedar na Morada do Sol

AGENCIA BRASIL

NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

Paulo Rivetti

Camara Municipal de São João Del Rei

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

Unimed São João Del Rei

ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2018 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!